Pages

9 de junho de 2014

Romances Eróticos e a Adaptação de 50 Tons de Cinza


Olá pessoinhas, vamos bater um papo? Pergunta: sobre livros eróticos Kim? Really? Sim! Meus amores! Os romances, ou romances eróticos são o alívio da mulherada. Neles você encontra tudo o que uma mulher quer, ou pelo menos a maioria: homens com corpos perfeitos, gentis, com atitude e prontos para fazer o impossível pela mulher amada. Os eróticos são para as mulheres o que o filme pornô é para os homens. São as nossas fantasias secretas. Eu leio romances eróticos já faz um tempo e eu recomendo. É um alívio para o mundo cheio de homens sapos em que vivemos, mas lembre-se de separar a ficção da realidade okay?


Eu, Kim, tenho alguns pré requisitos para começar a ler um romance erótico ou romance. 1 - Tem que ter uma história, nem que seja idiota e clichê tipo; o carinha é policial e salva a mocinha de um assaltante, por exemplo. 2  - O herói da história pode ser marrento, mas tem que saber o que quer, afinal estamos cansadas de homens meia boca. 3 - E por último, mas não menos importante, a mocinha tem que ter atitude, garra, personalidade, voz altiva e se for engraçada melhor ainda. E é isso que eu não curti em 50 Tons de Cinza. Anastasia é um poia sem personalidade, que de inocente não tem nada. Sim, existem mulheres ingênuas no mundo, mas totalmente burras é foda. Vamos combinar que o comportamento dela não condiz em nada com uma virgem. Se você é uma virgem e quer se aventurar talvez sim, agora virgem e ingênua não. Pra mim o que a atraiu no Sr. Grey foram os seus muitos bilhões na conta isso sim...


Fora muitas outras coisinhas que deixaram a leitura deste livro estressante, como o herói ser super controlador (o que não tem nada a ver com suas opções BDSM), o fato da Anastasia deixar ele a fazer de gato e sapato, (tipo minha opinião: no quarto me chama de cachorra, mas fora dele querido somos iguais), mas enfim, o assunto deste texto é o filme. Até onde eu sei Fifty Shades of Grey é um romance erótico, com cenas de sexo explícito e classificado para maiores de 18. Sendo assim seria seguro adaptar o livro para um filme? Certo de que muitas partes seriam cortadas, as cenas de sexo com certeza, e acredito que a essência do livro, se é que tem alguma, seria perdida.


Um detalhe importante também é como a maneira da pratica de BDSM ("Bandage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo") será retratada. Muitas pessoas tem preconceito com essas práticas e se mostradas de maneira incorreta aumentará as críticas ainda mais. Isso é uma coisa que me deixou fula no livro. Mostra o Grey como ciumento e super possessivo o que não quer dizer que todos os homens adeptos sejam assim, e se forem dê um basta amiga. Uma coisa é gostar de dominação no quarto, outra é querer controlar até onde você faz xixi.

Na minha humilde opinião, não sei porque 50 Tons de Cinza ganhou tanta notoriedade, sendo que já li milhares de romances eróticos muitos melhores. A única coisa boa desse ''sucesso'' todo é que abriu a mente das pessoas para ler mais e amenizar a vergonha que algumas mulheres tinham ao confessar: eu leio sobre sexo.

Se você ainda não leu o livro, calma, não te darei spoiler, mas faço minhas as palavras de Felipe Neto. Até mais pessoinhas (ㅎㅅㅎ)/


 renata massa