Pages

11 de dezembro de 2012

Henê (Parte Dois)



Oie povo! Essa é a segunda parte do henê post! E hoje eu conto o meu pequeno drama com meu maravilhoso cabelo. (Para não dizer coisa pior.)

Eu sempre tive o cabelo crespo e MUITO enrolado.  Muito, muito mesmo. Desde pequena sempre odiei meu cabelo, hoje em dia se eu ainda tivesse meu cabelo cacheado eu tentaria mantê-lo do jeito que veio ao mundo. Por quê?  Porque acho que o melhor para o cabelo é mantê-lo sem química nenhuma.

Então para aquelas que ainda têm o cabelo virgem, por favor, o mantenham assim. No máximo tintura!



Continuando, como eu era muito jovem e quem cuidava do meu cabelo era minha mãe, tascavalhe relaxamento e alisantes de caixinha. Ele foi crescendo minha mãe cortando até que passei a eu mesma cuidar, mas naquele mesmo esquema relaxamentos e alisantes, até que um dia fui apresentada ao henê. Não acreditei muito que ele pudesse resolver meu problema, mas usei assim mesmo. 

O henê pessoas ele tem estágios, falo sobre eles mais para frente, mas já deixo bem claro que o pior estagio é: cabelo liso nas postas e cacheado/crespo na raiz. Te dá um desespero tremendo e você fica, mais do que nunca, escravo da escova e chapinha porque ninguém vai sair de casa com o cabelo todo volumoso na raiz!

Parei de usar esperei crescer (só a raiz) e voltei a tacar alisante de novo, o que fez com que meu cabelo quebrasse um pouco, mas não houve queda \0/ Graças ao céus! Lembrando que só porque não houve queda comigo, não significa que não vá haver com você, cuidado!






Depois de muitas descolorações, tinturas e sei mais lá o quê, resolvi voltar para o henê por três motivosinhos básicos. 

Um: Estava desesperada! Meu cabelo estava feio de mais! Poroso, sem vida, quebrado, enfim uma merda!

Dois: Morro de medo de formol pessoas, de mais mesmo. Então entre fazer uma escova progressiva e começar o tratamento com o henê preferi a segunda opção.

Três: O preço. Uma das coisas boas do henê é que ele tem um preço muito acessível. Existem henês de 2,50 à 22,00 reais. E nessa época eu precisava investir mais em hidratação do que em alisamento, então os henês mais baratos foram uma mão na roda, e não deixaram de alisar meu cabelo.

Sooo! Eu digo que o henê foi minha salvação. Ainda não atingi o liso desejado, minha raiz é muito crespa, mas eu percebo que ele não é mais aquele cabelo de antes. Já posso tomar chuva sem me preocupar, haha! O cabelo continua o mesmo nas pontas, não vejo a hora de ver o resultado completo.

Nessas imagens nós vemos que a batalha com o henê não é fácil, mas vale a pena.







AH! Eu não estaria aqui hoje (lágrimas), sem a Wilma. Essa fofa é dona de um dos blogs mais completos sobre henê que eu já vi. Lá você encontra de TUDO. Resenha de quase todos os henês, dicas de hidratações, conselhos para aplicar sozinha, olha, tem de tudo mesmo. Se não fosse por essa eterna guerreira eu já teria desistido! Então deem uma conferida no blog dela aqui, realmente vale a pena.

Por último, para as meninas que vão começar a ''guerra do Henê'' eu lhes desejo toda a perseverança do mundo! Henê não é fácil, mas eu digo que vale a pena. Seu cabelo fica hidratado, com uma cor muito bonita e liso para sempre! Então meninas, força na peruca e vamos a luta!

 renata massa